GRUNGE is Back!

 

Ricardo Dourado revisita com muito estilo o gunge dos anos noventa, numa colecção bastante actual.
Apesar de alguma influência sportswear, destacam-se materiais sofisticados.Tecidos leves como seda e algodão, coordenados com metalizados.
Vestidos, mini-saias, casacos compridos e leggings.
Cinza e azul. Padrões tingidos. Fechos zipper.
Sapatos compensados, com cunhas vertiginosas.
Peças sobrepostas em renda.

RWM – Podes falar nos um pouco sobre esta colecção?
RD – Eu inspirei me no grunge dos anos 90, em algumas personagens que faziam parte das minhas listas de musica, como o Kurt Cobain, e tentei transportar isso para a actualidade, com uma assinatura própria.

RWM – Quais foram os materiais utilizados?
RD – Os vestidos são todos 100% sedas, estampadas ou tingidas, com vários tipos de tingimento. Depois, uso malhas em misturas de seda com algodão, viscoses, linhos, e uso um material especialmente interessante: entretela do lado de fora.

RWM – Como surgiu a ideia para este tema?
RD – Viagens, tenho feito algumas viagens, e o tema surgiu a partir dai.

RWM – Qual é o seu mercado principal?
RD – O mercado global. Trabalho para possíveis clientes de todo o mundo.


RWM – Como é a Mulher “Ricardo Dourado”?
RD – É uma mulher que percebe aquilo que veste.

Texto: Inês Soares
Fotos: Rui Vasco/ Arquivo ModaLisboa

Leave a Comment