“O Espaço Montra funciona desde Março 09 como “Galeria de Criadores de Moda”. Estes, são convidados a ocupar individualmente o espaço, que fica disponível para ser usado de forma personalizada…”
Pedro Pedro
, é o criador do momento!

RWM – Quais as tuas perspectivas em relação a esta iniciativa? Maior divulgação, contacto mais directo com o público…
PP –
 Exactamente, acho que é uma forma muito mais directa de as pessoas me conhecerem e de haver uma divulgação.

Como não tenho loja própria, acho importante haver espaços ocupados com a minha imagem, com roupa minha, e este espaço permitiu isso.

RWM – Como é defines o perfil da mulher que vestes?
PP –
 É uma mulher um bocadinho mais madura, e mais para o trabalho de atelier, ou seja, para eventos, festas…e é roupa por medida. Há também quem me procure com imagens da ModaLisboa. Como não tenho produção, cada peça é única.

RWM – Projectos no estrangeiro?
PP
 – Não, por enquanto…

RWM – Como surge para ti o processo criativo, o tema para uma nova colecção…como é que te inspiras?
PP –
 Estou a trabalhar o Inverno 2011, e é um bocadinho de tudo.
Eu começo por desenhar a colecção para entrar no espírito, e só depois de desenhar duas ou três vezes é que começo a perceber se vou mais por aqui ou mais por ali, as influências vêm de todo o lado, imagens, filmes…

RWM – Falta já pouco tempo para a ModaLisboa…em que fase está o teu trabalho?
PP –
 Está bem! Está em fase de modelação, de produção de protótipos (a fase dos vestidos já foi…)

RWM – A tua carreira tem vindo a afirmar-se bastante nos últimos tempos, imaginas-te em Paris? Onde gostavas de chegar?
PP –
 (Risos) Obviamente que eu adorava lá ir, mas não depende só de mim, depende principalmente de propostas do Portugal Fashion, e seria um prazer enorme. Eu já lá estive, gostei imenso e adorava voltar, mas é uma questão de opções, e neste momento não existe essa opção. Em termos nacionais gosto muito do projecto da ModaLisboa porque em termos de divulgação é muito mais forte que o Portugal Fashion (infelizmente) apesar de eu gostar dos dois. No Portugal Fashion fui sempre muito bem tratado, mas a ModaLisboa tem esse poder de internacionalizar mais, e desde que estou lá, as pessoas ouvem mais falar de mim.

RWM – Qual é a tua opinião em relação à moda portuguesa em termos gerais? O que é que falta?
PP –
 Acho que se faz muito bom trabalho! Há quatro ou cinco nomes que eu adoro (White Tent, Luís Buchinho, Ricardo Dourado, Alexandra Moura, e mais dois ou três nomes), mas faltam os pontos de venda e a possibilidade de ter pontos de venda próprios, porque tudo isso dinamiza, e leva as pessoas a ficarem mais interessadas na moda portuguesa. É essa parte que eu acho que falta.

Texto e Fotos: Inês Soares

Espaço Montra – Centro Comercial Bombarda – Porto

Leave a Comment